Opti BRA

Início » 2017 » junho

Arquivo mensal: junho 2017

Condição de vento impede finalização das regatas de equipes

Condição de vento impede finalização das regatas de equipes

29/06 – Condição de vento impede finalização das regatas de equipes.

As condições de vento nesta quinta feira em Toronto impediram a realização de algumas regatas do Campeonato Norte-Americano de Regata de Equipes (países norte-americanos) e da Copa das Nações (outros países). As regatas de equipe pendentes serão realizadas após as regatas individuais desta sexta-feira.

Nesta sexta feira será o primeiro dia das regatas individuais da fase final. As regatas poderão ser acompanhadas online pelo sistema Trac-Trac.

Programação:

  • 30/06 (sex) – Regatas individuais e regatas de equipe pendenes
  • 01/07 (sab) – Regatas individuais e cerimônia de premiação

Mais informações:

Anúncios

CBVela inaugura nova sede

CBVela inaugura nova sede
e cria Hall da Fama 

 Bicampeões olímpicos, Torben Grael e Marcelo Ferreira são homenageados
Renovação do contrato do Bradesco como patrocinador
Velejadores de optimist participam da cerimônia

Fotos: https://goo.gl/zuNGmn
Crédito: Marlon Falcão/Inovafoto
Adaptação: Volnys Bernal

De frente para a Baía de Guanabara, a Confederação Brasileira de Vela (CBVela) inaugurou, na manhã desta quarta-feira, dia 28, sua nova sede, na Marina da Glória. Orgulhosa do passado, mas pensando pra frente, a entidade celebrou a nova casa dando o primeiro passo para a criação do Hall da Fama da vela no Brasil, com uma homenagem aos bicampeões olímpicos Torben Grael e Marcelo Ferreira.

O evento contou também com a presença dos velejadores que defenderão o país em julho no Mundial de Optimist, classe de formação para crianças e adolescentes. Para completar, durante a cerimônia foi selada a assinatura da renovação, até 2020, do contrato da CBVela com o Bradesco, patrocinador máster da Confederação desde o último ciclo olímpico.

Hall da Fama

Convidados de honra, Torben Grael e Marcelo Ferreira foram os primeiros atletas a botar as mãos nos moldes que irão, no futuro, compor o Hall da Fama da vela brasileira, homenageando os grandes nomes da modalidade.

Com cinco pódios, Torben é o maior medalhista olímpico do esporte brasileiro, ao lado do também velejador Robert Scheidt. Em seis participações nos Jogos, foi ouro em Atlanta-1996 e Atenas-2004, na classe Star; prata em Los Angeles-1984, na Soling; e bronze em Seul-1988 e Sydney-2000, novamente na Star. Hoje, o velejador ocupa o cargo de vice-presidente da Federação Internacional de Vela (World Sailing) e foi o primeiro brasileiro a ingressar no Hall da Fama internacional da modalidade.

“A inauguração da sede aqui na Marina da Glória é a concretização de um sonho pra gente, que é ter uma sede com saída para o mar. Sem dúvida, é um acontecimento importantíssimo para a vela brasileira. Fiquei muito feliz com a homenagem, e ter aqui a presença da equipe jovem nos deixa ainda mais felizes e confiantes no futuro do esporte”, comentou Torben Grael.

Grande parceiro de Torben na conquista olímpica de dois ouros e um bronze (Sydney-2000) na classe Star, entre outros títulos, Marcelo Ferreira também se mostrou orgulhoso por este novo momento da vela brasileira.

“Depois de 30 anos velejando, dos quais 25 ao lado do Torben, é um prazer imenso ver esta sede inaugurada na Marina da Glória. Realmente, é brilhante. Gostaria de deixar uma mensagem para os pequenos velejadores presentes: a Optimist é uma classe individual, mas o importante é isso que estão fazendo aqui, estar em equipe, trocando, aprendendo. Vocês têm muito a crescer dessa forma. Que vocês tenham sucesso na competição. Perseverança é a palavra certa para o velejador”, disse Marcel Ferreira.

Velejadores de optimist

Torben e Marcelo transmitiram um pouco do seu conhecimento e muito de boas energias para os cinco jovens brasileiros que disputarão o Mundial de Optimist na Tailândia, a partir de 11 de julho. Nicolas Bernal, Marina da Fonte, Bernardo Pereira, Leonardo Crespo e Luiz Otávio Correia receberam dos ídolos uma bandeira do Brasil para a viagem e BIBs (coletes) de competição.

“Estou muito feliz por poder conhecer o Torben e o Marcelo. Será um campeonato muito difícil e ajuda muito receber esse apoio. É uma honra estar aqui ao lado deles e ver a inauguração desta nova sede da CBVela. Com certeza, ver o sucesso que eles tiveram nos motiva a pensar em sermos campeões olímpicos também”, afirmou o atual campeão brasileiro de Optimist, Nicolas Bernal.

Pra frente

Em uma conquista histórica para a modalidade, a Confederação Brasileira de Vela fechou, em dezembro de 2016, um convênio com a BR Marinas, responsável pela administração da Marina da Glória, e nesta quarta-feira inaugurou oficialmente no local sua sede. Será a principal base de infraestrutura técnica e de treinamento para os velejadores no país, com vagas secas e molhadas, além de contêiner.

“É um prazer enorme estar aqui neste momento histórico para a vela brasileira, celebrando esta nova sede com saída para o mar, onde podemos conjugar nossas operações esportivas com as operações de escritório. Estar aqui com essa dupla incrível, Torben e Marcelo, que foi motivo de inspiração para que eu também velejasse, é algo único. Gostaria também de agradecer demais ao Bradesco por toda a parceria e a renovação. O Bradesco sempre acreditou na gente e esteve conosco desde os primeiros momentos da CBVela”, reforçou o presidente da CBVela, Marco Aurélio de Sá Ribeiro.


De acordo com o superintendente executivo do Bradesco e responsável pela plataforma de esportes, Fábio Dragone, a renovação do vínculo é mais um passo importante na consolidação do investimento do banco no esporte brasileiro.

“É uma grande honra para ao Bradesco dividir este espaço com pessoas tão importantes para a vela brasileira. E é também uma grande satisfação anunciar essa renovação para o próximo ciclo olímpico, que acontece por algumas razões. Todos sabemos que a vela é uma modalidade supervencedora, o que é um dos objetivos do banco, mas a Confederação também mostrou ter governança e uma estratégia de longo prazo, o que foi fator chave para essa decisão”, avaliou Dragone.

 

Vídeos do campeonato Norte-Americano

Vídeos do campeonato Norte-Americano

Cerimônia de abertura

 

1º Dia de regatas qualificatórias (3º dia do campeonato)

 

2º Dia de regatas qualificatórias (4º dia do campeonato)

2º Dia de regatas no Norte-Americano

2º Dia de regatas no Norte-Americano

28/06 – Segundo dia de regatas no Campeonato Norte-Americano de Optimist 2017

Neste segundo dia de regatas o vento variou de 6 a 9 nós sendo realizadas 3 regatas. Com a realização das 5 regatas termina a fase qualificatória. Na fase final os velejadores são agrupados permanentemente nas flotilhas outro, prata e bronze para a série de regatas finais.

Com os resultados ainda provisórios, o Brasil classificou 9 velejadores na flotilha ouro:

    Flotilha ouro
      4  BRA 4074  Lorenzo Balestrin
     10  BRA 3885  Roberto Cardoso
     14  BRA 4048  Vinicius Koeche
     25  BRA 3235  Guido Hirth
     28  BRA 4011  Erick Carpes
     43  BRA 3639  Bernardo Martins  
     50  BRA 3883  Julia Ollivier
     51  BRA 3683  Mathias Crespo
     55  BRA 3329  Gabriel Rimoli

    Flotilha prata
     90  BRA 4057  Antonio Branco
    101  BRA 3528  João Geronimo Silva
    112  BRA 3508  Marcelo Gabriel Souza

    Flotilha bronze
    124  BRA 3615  Nina Pessoa
    130  BRA 3855  Leticia Lira
    131  BRA 3587  Renata Praseres

Na quinta feira estão programadas as regatas dos campeonatos de equipes. Confira toda a programação:

  • 29/06 – Regatas de equipes
  • 30/06 – Regatas individuais
  • 01/07 – Regatas individuais e cerimônia de premiação

Mais informações:

Primeiro dia de regatas no Norte-Americano

Primeiro dia de regatas no Norte-Americano

27/06 – Primeiro dia de regatas do Campeonato Norte-Americano de Optimist.

Neste primeiro dia foram realizadas duas regatas. As condições estavam difíceis para os velejadores. O vento variou de 5 a 14 nós, também com muita mudança de direção. Confira o resultado dos velejadores brasileiros:

     2 BRA 4074 Lorenzo Balestrin
    10 BRA 3885 Roberto Cardoso
    12 BRA 3639 Bernardo Martins
    16 BRA 4011 Erick Carpes
    30 BRA 3329 Gabriel Rimoli
    36 BRA 3508 Marcelo Gabriel Souza
    37 BRA 4048 Vinicius Koeche
    39 BRA 3235 Guido Hirth
    54 BRA 3683 Mathias Crespo
    80 BRA 3883 Julia Ollivier
   103 BRA 3528 João Geronimo Silva
   120 BRA 4057 Antonio Branco
   141 BRA 3855 Leticia Lira
   149 BRA 3587 Renata Praseres
   160 BRA 3615 Nina Pessoa


Mais informações:
Amanhã continuam as regatas individuais. Informações atualizadas sobre o andamento das regatas do dia podem ser obtidas no site do campeonato (live race), no facebook ou no twitter do campeonato.

Hoje começam as regatas no Norte-Americano

Hoje começam as regatas no Norte-Americano

Hoje começam as regatas em Toronto (CAN) no Campeonato Norte-Americano de Optimist 2017. Os 178 velejadores estão divididos em 3 flotilhas. A condição na raia ao meio dia (hora local) parecia ser boa, com vento de 10 nós.

Hoje não haverá trac-trac. Mas está previsto para os próximos dias. Informações atualizadas sobre o andamento das regatas do dia podem ser obtidas no site do campeonato (live race), no facebook ou no twitter do campeonato.

Mais informações

Cerimônia de abertura do Campeonato Norte-Americano

Cerimônia de abertura do Campeonato Norte-Americano

%d blogueiros gostam disto: