Opti BRA

Início » Informativo

Arquivo da categoria: Informativo

“Eu gosto de velejar” em diversas linguas

Como é chamado optimist em diversas linguas?

CBVela inaugura nova sede

CBVela inaugura nova sede
e cria Hall da Fama 

 Bicampeões olímpicos, Torben Grael e Marcelo Ferreira são homenageados
Renovação do contrato do Bradesco como patrocinador
Velejadores de optimist participam da cerimônia

Fotos: https://goo.gl/zuNGmn
Crédito: Marlon Falcão/Inovafoto
Adaptação: Volnys Bernal

De frente para a Baía de Guanabara, a Confederação Brasileira de Vela (CBVela) inaugurou, na manhã desta quarta-feira, dia 28, sua nova sede, na Marina da Glória. Orgulhosa do passado, mas pensando pra frente, a entidade celebrou a nova casa dando o primeiro passo para a criação do Hall da Fama da vela no Brasil, com uma homenagem aos bicampeões olímpicos Torben Grael e Marcelo Ferreira.

O evento contou também com a presença dos velejadores que defenderão o país em julho no Mundial de Optimist, classe de formação para crianças e adolescentes. Para completar, durante a cerimônia foi selada a assinatura da renovação, até 2020, do contrato da CBVela com o Bradesco, patrocinador máster da Confederação desde o último ciclo olímpico.

Hall da Fama

Convidados de honra, Torben Grael e Marcelo Ferreira foram os primeiros atletas a botar as mãos nos moldes que irão, no futuro, compor o Hall da Fama da vela brasileira, homenageando os grandes nomes da modalidade.

Com cinco pódios, Torben é o maior medalhista olímpico do esporte brasileiro, ao lado do também velejador Robert Scheidt. Em seis participações nos Jogos, foi ouro em Atlanta-1996 e Atenas-2004, na classe Star; prata em Los Angeles-1984, na Soling; e bronze em Seul-1988 e Sydney-2000, novamente na Star. Hoje, o velejador ocupa o cargo de vice-presidente da Federação Internacional de Vela (World Sailing) e foi o primeiro brasileiro a ingressar no Hall da Fama internacional da modalidade.

“A inauguração da sede aqui na Marina da Glória é a concretização de um sonho pra gente, que é ter uma sede com saída para o mar. Sem dúvida, é um acontecimento importantíssimo para a vela brasileira. Fiquei muito feliz com a homenagem, e ter aqui a presença da equipe jovem nos deixa ainda mais felizes e confiantes no futuro do esporte”, comentou Torben Grael.

Grande parceiro de Torben na conquista olímpica de dois ouros e um bronze (Sydney-2000) na classe Star, entre outros títulos, Marcelo Ferreira também se mostrou orgulhoso por este novo momento da vela brasileira.

“Depois de 30 anos velejando, dos quais 25 ao lado do Torben, é um prazer imenso ver esta sede inaugurada na Marina da Glória. Realmente, é brilhante. Gostaria de deixar uma mensagem para os pequenos velejadores presentes: a Optimist é uma classe individual, mas o importante é isso que estão fazendo aqui, estar em equipe, trocando, aprendendo. Vocês têm muito a crescer dessa forma. Que vocês tenham sucesso na competição. Perseverança é a palavra certa para o velejador”, disse Marcel Ferreira.

Velejadores de optimist

Torben e Marcelo transmitiram um pouco do seu conhecimento e muito de boas energias para os cinco jovens brasileiros que disputarão o Mundial de Optimist na Tailândia, a partir de 11 de julho. Nicolas Bernal, Marina da Fonte, Bernardo Pereira, Leonardo Crespo e Luiz Otávio Correia receberam dos ídolos uma bandeira do Brasil para a viagem e BIBs (coletes) de competição.

“Estou muito feliz por poder conhecer o Torben e o Marcelo. Será um campeonato muito difícil e ajuda muito receber esse apoio. É uma honra estar aqui ao lado deles e ver a inauguração desta nova sede da CBVela. Com certeza, ver o sucesso que eles tiveram nos motiva a pensar em sermos campeões olímpicos também”, afirmou o atual campeão brasileiro de Optimist, Nicolas Bernal.

Pra frente

Em uma conquista histórica para a modalidade, a Confederação Brasileira de Vela fechou, em dezembro de 2016, um convênio com a BR Marinas, responsável pela administração da Marina da Glória, e nesta quarta-feira inaugurou oficialmente no local sua sede. Será a principal base de infraestrutura técnica e de treinamento para os velejadores no país, com vagas secas e molhadas, além de contêiner.

“É um prazer enorme estar aqui neste momento histórico para a vela brasileira, celebrando esta nova sede com saída para o mar, onde podemos conjugar nossas operações esportivas com as operações de escritório. Estar aqui com essa dupla incrível, Torben e Marcelo, que foi motivo de inspiração para que eu também velejasse, é algo único. Gostaria também de agradecer demais ao Bradesco por toda a parceria e a renovação. O Bradesco sempre acreditou na gente e esteve conosco desde os primeiros momentos da CBVela”, reforçou o presidente da CBVela, Marco Aurélio de Sá Ribeiro.


De acordo com o superintendente executivo do Bradesco e responsável pela plataforma de esportes, Fábio Dragone, a renovação do vínculo é mais um passo importante na consolidação do investimento do banco no esporte brasileiro.

“É uma grande honra para ao Bradesco dividir este espaço com pessoas tão importantes para a vela brasileira. E é também uma grande satisfação anunciar essa renovação para o próximo ciclo olímpico, que acontece por algumas razões. Todos sabemos que a vela é uma modalidade supervencedora, o que é um dos objetivos do banco, mas a Confederação também mostrou ter governança e uma estratégia de longo prazo, o que foi fator chave para essa decisão”, avaliou Dragone.

 

Clinica de Optmist no Rio de Janeiro

Treino para o Mundial 2017

Treino para o Mundial 2017

Bernardo, Marina, Júnior (técnico), Leonardo, Luiz Otávio e Nicolas

Bernardo, Marina, Júnior (técnico), Leonardo, Luiz Otávio e Nicolas.

Os velejadores  da equipe que representará o Brasil no Campeonato Mundial de Optimist, será realizado de 11 a 21 de julho de 2017 na Tailândia, realizaram um treino intensivo de 10 a 18 de junho em Cabo Frio e Búzios.

A equipe brasileira é composta por:

  • Nicolas Bernal
  • Marina da Fonte
  • Bernardo Pereira
  • Leonardo Crespo
  • Luiz Otávio Correia
  • Edival Júnior (técnico)
  • Walter Boddener (Team Leader)

Mais informações:

  1. Fotos do treino (repositório de fotos da Optibra)
  2. Site do campeonato mundial

Proposta de mudança do limite de idade

Proposta de mudança do limite de idade

O Canadá submeteu uma proposta à IODA (International Optimist Dinghy Association) para mudança do limite de idade dos velejadores da classe optimist.

Atualmente, o velejador é elegível para participar de campeonato até o ano que completa 15 anos. Na proposta do Canadá, o velejador seria elegível para participar de campeonato desde que não tenha completado 16 anos no primeiro dia da série de regatas. Veja a proposta canadense de alteração da regra 9

A proposta de alteração do limite de idade será votada na assembléia geral (IODA Annual General Meeting) que será realizada em julho durante o Campeonato Mundial de Optimist, na Tailândia.

Ranking de classificação para os campeonatos internacionais

O ranking de classificação para os campeonatos internacionais é estabelecido a partir das regatas do Campeonato Brasileiro de Optimist e do campeonato regional escolhido como seletiva, que neste ano foi o Campeonato Brasil Centro de Optimist. Veja como ficou o ranking:

O ranking estabelece a prioridade de preenchimento das vagas para os seguintes campeonatos internacionais:

  • Campeonato Mundial de Optimist
    • 5 velejadores
    • 11/07 a 21/07 – Tailândia – Royal Varuna Yacht Club (Site do campeonato)
  • Campeonato Europeu de Optimist
    • 4 velejadores, devendo existir pelo menos um velejador de cada gênero
    • 30/07  a 6/08 – Bulgária – Yacht Club Bourgas (Site do campeonato)
  • Campeonato Norte Americano de Optimist
    • 15 velejadores, devendo existir pelo menos 4 velejadores de cada gênero
    • 25/06 a 02/07 –  Canada – Royal Canadian Yacht Club em Toronto (Site do campeonato)
    • Obs: Foram requisitadas mais 5 vagas, cuja resposta ainda não foi recebida. Neste caso, devem existir, no mínimo, 6 velejadores de cada gênero.
%d blogueiros gostam disto: